Notícias » Novidades

25 de Janeiro de 2018
Prêmios de loterias não resgatados somam R$ 326 milhões em 2017
Valor equivalente a cerca de 8% do valor ofertado em prêmios pela Caixa. Nos últimos 4 anos, ganhadores de loterias deixaram de sacar R$ 1,26 bilhão no país.
Clique para ampliar

Fonte: G1 Economia

Ganhar na loteria não é fácil. Mas ser premiado e não retirar o valor é mais comum do que pode parecer. Somente em 2017, R$ 326 milhões deixaram de ser resgatados por ganhadores de prêmios de loterias no Brasil, segundo a Caixa Econômica Federal. O valor equivale a cerca de 8% dos mais de R$ 4,2 bilhões ofertados em prêmios pelas Loterias Caixa no ano passado.

Nos últimos 4 anos, os valores não retirados pelos ganhadores esquecidos ou desatentos na Mega-Sena, Lotofácil, Quina, Lotomania, Timemania, Dupla Sena, Loteca, Lotogol e Federal somam R$ 1,26 bilhão. Veja gráfico abaixo:

Prêmios de loterias não retirados

Em R$ milhões
256,673256,673315,166315,166301,338301,338320,425320,425326,019326,01920132014201520162017050100150200250300350
2015
301,338
Fonte: Caixa Econômica federal

Dinheiro é repassado para o Fies

Pelas regras das loterias, os ganhadores de qualquer um dos sorteios da Caixa tem até 90 dias após a realização do concurso para retirar o valor do prêmio. De acordo com a Caixa, "o dinheiro dos prêmios prescritos (não resgatados no prazo) é repassado integralmente ao Fundo de Financiamento Estudantil (FIES). O programa oferece créditos para estudantes cursarem o ensino superior em universidades privadas.

 


+ NOTÍCIAS


 
No ar

Os bons tempos estão de volta

Com: DipnLik
Horário: 24 horas
Mais tocadas
  • 1
    It´s now or never

    It´s now or never

    Elvis Presley
  • 2
    The Beatles

    The Beatles

    Hey Jude
  • 3
    Michael Jackson

    Michael Jackson

    Human Nature
  • 4
    Credence

    Credence

    Who ll Stop The Rain
  • 5
    Raul Seixas

    Raul Seixas

    Gita
Redes Sociais
                
Parceria
Estatísticas
   Visitantes:  1784
Copyright © 2018 - Rádio DipnLik - Os Bons tempos estão de volta!